Armando Monteiro critica gestão de saúde de Pernambuco


Em participação ao programa A Hora do Povo, o ex-senador Armando Monteiro Neto (PTB) comentou sobre as articulações políticas do PTB (Partido Trabalhista Brasileiro) com vistas às eleições nos municípios, em especial à Santa Cruz do Capibaribe.

“Deixo bem claro que nossa decisão sobre estas eleições municipais em Pernambuco, será de estar alinhado com forças da oposição ao PSB em todo Estado. Temos uma afinidade por Edson e Alessandra e tudo isso será balizado na decisão especifica de Santa Cruz do Capibaribe”, falou.

O ex-senador ainda não confirmou publicamente, mas já existe uma sinalização para apoiar a pré-candidatura do vice-prefeito Dida de Nan (PSDB).

Questionado sobre o esvaziamento do partido na cidade, que tinha como integrantes, Fernando Aragão e os atuais vereadores Carlinhos da Cohab e Helinho Aragão, o ex-senador disse que mantém amizades, mas que a posição política é bem clara.

“Na vida temos encontros e desencontros e muitos caminhos aproximam e distanciam, tenho respeito a todos os companheiros com os quais sempre caminhei em Santa Cruz do Capibaribe, não renego meu passado e nem amizades, mas não vamos ficar em cima do muro, somos de ter lado e esse será na oposição ao PSB em todo Pernambuco”, frisou.

Armando Monteiro ainda avaliou sua ligação com Edson Vieira e Alessandra nas eleições de 2018, quando foi candidato a governador, e frisou que será um ponto a ser considerado na decisão que o partido irá tomar. “Pela afinidade que tenho aos dois (Edson e Alessandra), digo que este ponto é bastante considerado nesta decisão que iremos tomar em breve”.

Analisando o cenário de Pandemia da Covid-19 no país, Armando Monteiro criticou a falta de elo entre o Governo Federal e os Estados. “Estamos enfrentando uma grave crise sanitária onde o mundo inteiro está assustado devido a não ter respostas para a duração e o conhecimento da doença. Neste momento precisávamos da união entre o Governo Federal e os Estados para uma ação mais integrada, solidária e efetiva, isso não é momento de politizar o assunto”, comentou.

Já questionado sobre o cenário de Pernambuco com relação à Covid-19, o ex-senador afirmou estar preocupado e criticou o governador Paulo Câmara (PSB), acusando-o de estar focado em ganhos eleitorais.

“Pernambuco vem com uma escalada grave da doença, se você pegar os números de óbitos por cada um milhão de habitantes, a gente tem uma das piores situações do país, sendo ultrapassado por Amazonas e Ceará. Um terço dos municípios já registram casos e as ações tomadas pelo governo demostram insegurança por não ter tomado medidas mais rígidas, parece que ele toma decisões olhando para pesquisas”, criticou.

Por fim o ex-senador demostrou preocupação com relação aos profissionais da saúde do Estado, que estão sendo acometidos em cheio com a doença. “O governo não proporcionou a eles a segurança com o uso dos equipamentos individuais de proteção, com isso muitos combatentes ficam de fora devido a isso. Além de que está havendo denúncias de mal uso do dinheiro público e precisamos ficar atentos para que ele seja muito bem aplicado em favor da população”, encerrou.

Informações Blog do Alberes Xavier

Nenhum comentário

Postagem em destaque

EM JATAÚBA, 04 NOVOS CASOS DA COVID-19 NAS ÚLTIMAS 24 HORAS.

  Boletim Diário Epidemiológico   A Prefeitura de Jataúba, através da Secretaria Municipal de Saúde, informa nesta terça-feira (04-08)...

Tecnologia do Blogger.