PGR pediu quebra de sigilo de inquérito que investiga Michel Temer.



Reuters

A Procuradoria-Geral da República (PGR) confirmou, neste sábado (24), ter pedido quebra d sigilos fiscais e bancários de diversos envolvidos no inquérito que apura um decreto assinado pelo presidente Michel Temer. A decisão teria beneficiado companhias do stetor portuário. As informações são da TV Globo. 

Nesta semana, o delegado responsável pela investigação, Cleyber Lopes, criticou a demora da PGR em despacho enviado ao Supremo Tribunal Federal (STF). A Corte também pediu extensão do prazo das investigações. 

Para Cleyber Lopes, as quebras de sigilo "mostram-se imprescindíveis para esclarecimentos dos crimes investigados" e "a investigação poderá não atingir sua finalidade" sem elas.

A PGR informou que o pedido de quebra de sigilo foi feitp em 19 de dezembro, quatro dias após o delegado receber um relatório em que agentes da PF afirmaram ser “necessário” o procedimento “para uma completa elucidação” do caso.



Notícias ao Mundo/ MSN Brasil. 

Nenhum comentário

Postagem em destaque

EM JATAÚBA, 04 NOVOS CASOS DA COVID-19 NAS ÚLTIMAS 24 HORAS.

  Boletim Diário Epidemiológico   A Prefeitura de Jataúba, através da Secretaria Municipal de Saúde, informa nesta terça-feira (04-08)...

Tecnologia do Blogger.